Educacional

Falar de um fundo de recebíveis ou fundo de papel é falar de um Fundo Imobiliário com características diferentes dos fundos tradicionais de tijolo. Essa diferença ocorre porque o ativo subjacente “dentro” do fundo, aquilo que o fundo investe, é diferente. (Click aqui para saber mais sobre os diferentes tipos de Fundos Imobiliários.) Fundos de papel investem de forma predominante em títulos de dívida imobiliária e outros valores mobiliários. Dentre os títulos permitidos, os mais comuns são certificados de recebíveis imobiliários (CRIs). Portanto, falar de Continue lendo

Você sabia que os Fundos Imobiliários não são todos iguais? Atualmente existem mais de cem fundos negociados na bolsa e com grandes diferenças entre eles. No Brasil os fundos imobiliários podem investir em empreendimentos imobiliários representados por quaisquer direitos reais sobre bens imóveis e títulos de renda fixa e variável lastreados em ativos imobiliários. Sendo assim, já que eles podem investir em uma gama de ativos diferentes e obviamente com estratégias diferentes, os Fundos Imobiliários acabam sendo bastante diferentes uns dos outros. Cada fundo irá Continue lendo

Você já ouviu falar do ciclo imobiliário? Qual a importância disso para o investidor de Fundos Imobiliários? Entender e utilizar o ciclo imobiliário dentro de uma estratégia de investimento é uma prática comum para grandes investidores imobiliários porém, ainda não compreendida ou negligenciada por investidores de Fundos Imobiliários, principalmente os pequenos investidores individuais. Nesse artigo vamos abordar: O que é o ciclo imobiliário; Fases do ciclo imobiliário; Como utilizar o ciclo imobiliário ao investir em Fiis. O que é o ciclo Imobiliário O ciclo imobiliário Continue lendo

Respondendo de forma de bem objetiva: Fundos Imobiliários são a maneira mais inteligente, simples e eficaz de acessar o mercado imobiliário e obter renda passiva mensal. Na maioria das vezes, é mais lucrativo e menos trabalhoso do que adquirir diretamente imóveis para locação. Diria, ainda, que essa é a maneira mais democrática de obter renda imobiliária. Muitos fundos têm cotas negociadas por preços que permitem o acesso fácil para quase qualquer pessoa que tenha alguma capacidade de poupança. Apesar do nome, não tem nenhuma semelhança Continue lendo